BEM-VINDO

Re-pensar... Re-partir... REFLETIR!







24 de setembro de 2010

OVERDOSE DA GRAÇA COM SANTO AGOSTINHO

Aurélio Agostinho

Agostinho é uma das figuras mais importantes no desenvolvimento do cristianismo no Ocidente. Em seus primeiros anos, Agostinho foi fortemente influenciado pelo maniqueísmo e pelo neoplatonismo de Plotino,[3] mas depois de tornar-se cristão (387), ele desenvolveu a sua própria abordagem sobre filosofia e teologia e uma variedade de métodos e perspectivas diferentes.[4] Ele aprofundou o conceito de pecado original dos padres anteriores e, quando o Império Romano do Ocidente começou a se desintegrar, desenvolveu o conceito de Igreja como a cidade espiritual de Deus (em um livro de mesmo nome), distinta da cidade material do homem.[5] Seu pensamento influenciou profundamente a visão do homem medieval. A Igreja se identificou com o conceito de "Cidade de Deus" de Agostinho, e também a comunidade que era devota de Deus.[6]
Na Igreja Católica, e na Igreja Anglicana, é considerado um santo, e um importante Doutor da Igreja, e o patrono da ordem religiosa agostinha. Muitos protestantes, especialmente calvinistas, o consideram como um dos pais teólogos da Reforma Protestante ensinando a salvação e a graça divina.
Santo Agostinho é chamado de o Doutor da Graça, por sua compreensão sobre o tema.

"TARDE VOS AMEI,
Ó BELEZA TÃO ANTIGA E TÃO NOVA,
TARDE VOS AMEI!
EIS QUE HABITÁVEIS DENTRO DE MIM,
E EU, LÁ FORA, A PROCURAR-VOS!
DISFORME, LANÇAVA-ME SOBRE ESTAS FORMOSURAS QUE CRIASTES.
ESTÁVEIS COMIGO E EU NÃO ESTAVA CONVOSCO!
RETINHA-ME LONGE DE VÓS
AQUILO QUE NÃO EXISTIRIA,
SE NÃO EXISTISSE EM VÓS.
PORÉM, CHAMASTES-ME,
COM UMA VOZ TÃO FORTE,
QUE ROMPESTES A MINHA SURDEZ!
BRILHASTES, CINTILASTES,
E LOGO AFUGENTASTES A MINHA CEGUEIRA!
EXALASTES PERFUME:
RESPIREI-O, A PLENOS PULMÕES, SUSPIRANDO POR VÓS.
SABOREEI-VOS
E, AGORA, TENHO FOME E SEDE DE VÓS.
TOCASTES-ME
E ARDI, NO DESEJO DA VOSSA PAZ"

Nenhum comentário:

Postar um comentário